domingo, 14 de outubro de 2018

Dia de eleição na Bélgica!















Hoje cedo já fui cumprir meu dever como cidadã Belga. Já fiz minha escolha para a prefeitura e o governo. Votei no partido ecologista. Eles tem ótimas propostas ambientais. Quero continuar a respirar este ar puro daqui e continuar a me encantar, com estas paisagens. Depois da votação, fiz uma caminhada e trouxe uns olhares cá da vila que moramos, para vocês! Bom Domingo queridos,com Amor!❤

13 comentários:

Rejane Tazza disse...

Adorei as fotos e que bom ter boas possibilidades de escolhas por aí. Aqui não as temos! beijos, chica e lindo dia!

Erika Oliveira disse...

Que lindas fotos, belas paisagens.

O meu pensamento viaja disse...

Realmente são paisagens maravilhosas que precisamos defender.
Feliz domingo, querida Patricia.
Beijo

Maria de Fátima disse...

Que lindo lugar para se morar. muitos cantinhos acolhedores e encantadores. Bjs e ótima semana.

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Excelentes fotografias, gostei e não sabia que hoje havia eleições na Bélgica.
Um abraço e bom Domingo.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
Livros-Autografados

Prata da casa disse...

Lindas fotos de belíssimas paisagens. Tão bom este contacto com a Natureza.
Bjn
Márcia

Liliane de Paula disse...

Muito bem.
E as fotos estão lindas.

Os olhares da Gracinha! disse...

Que fotos maravilhosas!
Defender e cuidar é preciso!!!
Bj

Ilaine disse...

Sim, dever cumprido!
Partido ecológico é sempre uma boa opção.

As fotos estão lindas, amiga!

Boa semana!

Alicia disse...

QUE HERMOSURA DE FOTOS!!!
PRECIOSAS.
SALUDITOS

Lete disse...

Fizeste muito bem, Pati! As fotos, as paisagens são maravilhosas, precisamos de cuidar e de respeitar a natureza, por isso acho que fizeste uma boa escolha.
Beijinhos, querida!

CÉU disse...

Olá, Patrícia!

E que olhares você trouxe aquando do regresso da votação (bem mais fácil escolher aí político do k no seu Brasil, né -rs).
Adorei as fotos. Lindas paisagens!

Beijos. Novo post e vídeo. Merci et bonne semaine.

Debora disse...

Aqui estamos entre os dois turno de eleição. Situação tão difícil que ninguém sequer pensa em questões ambientais. Isso só quando o pior já tiver passado... muita crise, corrupção, desemprego. O eleitor quer saber de resolver isso, e só.