terça-feira, 6 de setembro de 2016

Tentando uma melhor qualidade de vida

Acho que já nasci ouvindo esta frase."Somos o que comemos".

Quando falamos em qualidade de vida, cada um provavelmente pensará algo diferente, de acordo com o que dão valor. É comum ouvir que qualidade de vida significa ter muito dinheiro, viajar pelo mundo inteiro, morar numa casa bacana com ótima localização ou ter tempo livre.Sim ,tudo isto pode fazer parte do seu e do meu ponto de vista.
Mas o que adianta ter tudo isto e não ter saúde para viver a vida?
A má alimentação mata mais do que o tabaco, o álcool ou o consumo de drogas,isto é fato.Faz muito tempo ,que tento mudar meus hábitos alimentar.Não é fácil não é fácil. Não tive uma boa genética,desde criança que tenho estômago alto,peito grande e uma barriga que me acompanha.No Brasil vivia constantemente em dietas,corria na praia,fazia academia.Quando cheguei  na Europa, à 11 anos atrás,relaxei. 
Queria por tudo esquecer aquela  visão que tinha da mulher brasileira :  uma pobre  escrava incansavel da beleza.Os padrões  de beleza impostos pela sociedade brasileira choca-me  cada dia mais,acho que chega à ser doentio.
Acontece que,resolvi cuidar-me ,antes que seja tarde.Não,não vou fazer botox,plástica,ficar neurótica porque não tenho um corpo perfeito.Para mim sou perfeita,o que quero é ser saudável.O que desejo é  poder envelhecer com saúde e desfrutar a beleza da maturidade.
Sou adepta da yoga,meditação e xercícios de relaxamento e  sempre tento comer mas saudavel.Andava muito cansada,sem forças.Comendo errado claro.Ora bolas,mas o que comer? Frango dar cançer,carne vermelha não faz bem,açucar dar diabete...então comecei à reinventar e  Já vejo o resultado.Tem sido assim:

               Beringela gratinada,palmito,atum,zeitona e tomate cereja
      É fácil: lave bem a berinjela,corte em rodelas finas,coloca  no prato regado com azeite,cubra com creme cheese,polvilhe oregano,queijo mussarela ralado e depois queijo parmezão.Leve ao forno por 20 minutos .
                  Sobremesa frutas,frutas sempre e  da época  por favor.
                    Folhas de uva do jardim,rolinhos de uva: é fácil
        carne moida,alho picado,sal,pimenta moida,hortelã bem picadinho e arroz basmati
                        Forre o fundo da caçarola com folhas de uva
    Passe as  folhas da uva em água  fervendo por 2 minutos,depois  enrole com a carne
               Arrume os rolinhos no fundo da caçarola
  coloque cebola em pedaços,um galinho de hortelã,fio de azeite, use a agua que ferveu as folhas  e vá regando aos pouco dentro da caçarola,fogo baixo uns 20 minutos.
                         Fica uma delicia,marido aprovou,ele ama,foi o seu jantar.

                Nestas duas janelas de cima,estuda meu João.
               A sua escola está bem localizada,ao lado de nossa casa.

                  Esta é a vista que João tem todos os dias da sua classe.
  A Bélgica é rodeada por plantações e criações,esta quinta fica ao lado da escola de João
Logo ali a igreja,tudo pertinho...eu quando tenho tempo ,alimento-os.
E hoje eu vos digo: a qualidade de vida depende de nossas escolhas.
Feliz dia queridos,com amor!♡

24 comentários:

Rubia Elaine disse...

Bom dia, Patricia!!!
Por acaso você tem Instagram?
Abraços, Rubia
Osasco-SP-Brasil

Patricia Merella disse...

Olá Rubia, boa tarde. Não tenho querida, tenha um lindo dia, beijinhos

Prata da casa disse...

Olá Patricia: não é fácil mudar de hábitos, mas é sempre possível fazermos escolhas mais saudáveis. Em vez de um alimento mais calórico usar outro, igualmente saboroso,mas menos calórico.Gostei destes rolinhos. Parecem tão bons.
Bjn
Márcia

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

De acordo com a minha amiga de não à duvida de que somos em grande parte aquilo que comemos.
Um abraço e boa semana.
Andarilhar

Sheyla - DMulheres disse...

Pat
Começar a fazer escolhas certas, isso é muito bom e já é um grande passo! Você já vive ao redor de muita coia natural e verde. Amei esse enroladinho com a folha das parreiras.

Beijos e uma excelente semana!
DMulheresInstagram

Patricia Merella disse...

Uma Feliz semana amigo Francisco! Grande abraço!

Patricia Merella disse...

Obrigada minha querida,para você também, beijinhos

Patricia Merella disse...

É este o caminho amiga Marcia, escolhas saudáveis! Faça os rolinhos você vai gostar, beijinhos

Marly disse...

Oi, Paty,

Você tem toda razão: qualidade de vida está intimamente ligada à saúde e ao bem estar! E é claro que a saúde se relaciona com a alimentação e outros fatores como a serenidade, o movimento/exercício (oposto do sedentarismo) a a satisfação com a vida, rsrs. Aí, onde vocês moram, dá para ver que é fácil satisfazer a todas essas exigências. E, pelo que vi, você já está se impondo uma alimentação mais equilibrada e saudável, né? rsrs. Amei as fotos!

Beijoca

Patricia Merella disse...

Olá querida Marly,sim amiga,apesar de amar "uma gulodice " mudei meus hábitos alimentares. Obrigada pelo carinho, beijinhos

lenalima disse...

É sempre difícil mudar nossos hábitos alimentares, que bom que conseguistes,
Aqui já faz dois anos que tive que mudar, e estou me dando bem,depois da cirurgia de retirada do segmóide que quase me levou, tive que nudar tioda a alimentação....e confesso que deveria ter feito isso a mais tempo , me sinto leve e bem melhor, tu sentes na pela a mudança!

Esses xarutinhos eu faço com a folha do repolho, a beringela é prato quase diário aqui.

Bom mesmo é viver assim, imagine da janela do João poder avistar toda essa natureza
Amei a igrejinha.

Aqui somos refens de bandidos dia a dia, os governantes não dão jeito, está um caus!

Belo dia bjsssssssssssss

Patricia Merella disse...

Olá Lena,não sabias da tua cirurgia querida,feliz que deu tudo certo.Pois é, agente sente logo na pele. É uma pena ver o nosso lindo Brasil desgovernado. Beijinhos!

Debora disse...

Patricia, que maravilha de escolhas que você fez!

Fico encantada com as coisas que você mostra, os lugares que vocês frequentam... e esse seu prato? O que é isso? Fiquei morrendo de vontade de ter um igual aqui! A aparência está ótima!

Maria Rodrigues disse...

Gostava de morar num local assim, lindo e tranquilo mas nem sempre é possível mudarmos o rumo da nossa vida, a fazê-lo tem de ser quando ainda não há crianças ou elas são pequeninas.
Obrigado pela partilha dessa comidinha que parece ser muito gostosa, para além de ter uma linda apresentação.
Beijinhos
Maria

Patricia Merella disse...

Olá Débora, obrigada pelo carinho querida amiga! Um lindo dia por aí, beijinhos

Patricia Merella disse...

Tens razão Maria Rodrigues, as escolhas tem que ser bem planeada quando temos crianças. Quando mudei do Algarve (Portugal )para Bélgica, meu João tinha 2 anos.Temos plano de voltar e ontem meu João me disse:mãe eu quero muito voltar mas quero terminar a escola na Bélgica e depois faço universidade lá. Ele tem 10 anos.Bom dia para si, beijinhos

Liliane de Paula disse...

Patricia querida, criei os filhos já se alimentando corretamente. Se depois não fizerem isso, é opção deles. Mas a "construção" foi boa.
Mas eles se alimentam bem.
Agora fazer Plástica, farei se puder. Botox, uso se tenho $$.
Se a vida me oferece opções de me manter bem, por que não usa-las?
Não, não tenho preconceito.
Faz quem quer e quem pode($$ e saúde).
Botox nem é só usado para estética. Tem mil e uma utilidades.

Patricia Merella disse...

Querida Liliane, admiro -te muito pelo cuidado que tens contigo mesma .Tu és uma fonte inesgotável de inspiração para mim.Não sou contra a plástica e botox, sou contra a neura de corpo perfeito. Por cá quase n se usa botox, tem tantos tratamentos e cremes eficazes. Vi na Holanda em uma clínica de estética um tratamento facial para rejuvenescimento e age também como peeling para quem tem marcas de acne. Eu testei na minha pele,menina é mágico, mas muito caro.Custa 1500 euros 0s 3 cremes mas dura 1 ano e tu rejuvenesce muito,tira marcas de expressão. Eu apesar de ficar tentada, n comprei tenho outras prioridades mas minha amiga comprou.

Os olhares da Gracinha! disse...

E as suas escolhas dão magníficas!
Adorei a ideia da folha de videira!
Meus filhos sempre foram cuidadosos na sua alimentação!
Bj

O meu pensamento viaja disse...

Patrícia, amei esses rolinhos! Vou experimentar.
Bom domingo.
Beijinhos

Maria Gloria D'Amico disse...

Mesmo sendo difícil ter alimento saudável, pois como disse, Patrícia, a carne está completamente modificada, dada a questão da ração que os animais consomem, podemos fazer a nossa parte, consumindo uma quantidade maior de vegetais. Uma pena que aqui no Brasil, os produtos orgânicos são tão caros.
Diminui muito a quantidade de carne, de qualquer tipo. Evito o que posso, alimentos industrializados, inclusive maionese.
E assim, vamos seguindo. O teu prato está excelente, parabéns pela iniciativa.

Blog Donna Gatta disse...

Comecei em 2013 com reeducação alimentar e tirei o excesso de peso. Comecei a me sentir muito bem e leve.
Para não ficar "a anti-social alimentar" (hahaha), dou umas furadas de vez em quando, mas no dia a dia faço questão de manter a alimentação mais natural possível!

Blog Donna Gatta disse...

Comecei em 2013 com reeducação alimentar e tirei o excesso de peso. Comecei a me sentir muito bem e leve.
Para não ficar "a anti-social alimentar" (hahaha), dou umas furadas de vez em quando, mas no dia a dia faço questão de manter a alimentação mais natural possível!

Blog Donna Gatta disse...

Comecei em 2013 com reeducação alimentar e tirei o excesso de peso. Comecei a me sentir muito bem e leve.
Para não ficar "a anti-social alimentar" (hahaha), dou umas furadas de vez em quando, mas no dia a dia faço questão de manter a alimentação mais natural possível!