sexta-feira, 17 de abril de 2015

As tulipas










                        Feliz demais da conta em ver meu jardim voltar a florir! Feliz Sexta,com carinho

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Massa básica para bolo e tortas






Olá gente,tudo bem com vocês? Os dias tem sido lindos e longos por cá. As tulipas penso que hoje já vão abrir. João ainda de férias de Páscoa,volta as aulas na Segunda e nós temos tido visitas e estamos passeando bastante,ontém fomos ao cinema,João claro amou.Fiz este bolinho ontém para tomar café com a mãe do colega de João.Um bolo super rápido,económico  e saboroso. A minha amiga adorou e eu vim dividi com vocês: Eu faço assim:

Massa:
1 0VO
2 COLHERES DE MANTEIGA
1 XICARA DE ACUCAR
1 XICARA DE LEITE
2 XICARA DE FARINHA DE TRIGO
2 COLHERES DE FERMENTO

Bato a manteiga com o açucar,acrescento o ovo,coloco uma xícara de farinha e outra de leite,depois a outra xícara da farinha,desligo a batedeira e coloco o fermento,despejo na forma untada e coloco por cima a fruta que quiser. Este coloquei maças e polvilhei com açucar e canela.

Cobertura
Se fizer com maças,como este da foto,maças e açucar e canela
Com banana açucar e canela,fica uma delicia.
Com morangos por cima regue com creme de leite e polvilhe açucar.

Espero que gostem,tenham todas um lindo dia,beijinhos

domingo, 12 de abril de 2015

Maredsous
















Maredsous é um monsteiro cá na Bélgica aonde se produz a cerveja Maredsous,a autêntica cerveja dos monges beneditinos da Abadia de Maredsous, na Bélgica. A Abadia localiza-se na Ardennes belga, sul da cidade de Namur,  próxima a pitoresca vila chamada Denée. A Abadia de Maredsous foi fundada em 15 de outubro de 1872 perto da Abadia de Beuron, na Alemanha (Ambas são “descendentes” da Abadia de Saint Paul, em Roma). Foi então que Attout, monge beneditino e filho de cervejeiro, formulou uma cerveja especial. Os monges de Maredsous começaram a produzir a “divina” cerveja em 1930 e após a segunda guerra mundial, passaram a produzi-la fora do mosteiro.
Na Abadia de Maredsous vivem 35 monges, que oram e trabalham seguindo os ensinamentos de Saint Benedict, tradição que perdura por seis séculos. Dedicação e hospitaldade são valores muito importantes na Abadia de Maredsous.
As cervejas produzidas pela Maredsous ainda seguem a receita original dos monges beneditinos. Hoje as cervejas da Abadia ainda são supervisionadas por uma comunidade de Abadias que recebem royalties e é representada pelo Abade Bernard Lorent. Uma parte do lucro gerado pela cervejaria é destinado às causas humanitárias, mesmo pertencendo ao Grupo Duvel Moortgat, há mais de 30 anos.
Ontém  tive o prazer de  conhecer Maredsous ,á 40 minutos de nossa casa. Marido  degustou  as três versões da Maredsous. Todas muito especiais com sabores definidos  e aromas inconfundíveis diz o marido. Para os amantes de cervceja,uma otima opção. Existe café e restaurante,o pão ,bolos ,queijos e outras coisas são feitos lá mesmo . Um local super agradavel com parque para criança e com mesas dentro e fora do local é enorme,sempre encontra uma mesa. Espero que gostem,foi um passeio gostoso com minha amiga veronique e familia,João amou,com carinho..