segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Como é dificil dizer adeus para sempre...





a quem amamos...meu querido e adorável sogro,obrigada por tudo...por todo carinho,amizade,generosidade e por tão bem acolher-me como tua nora..será sempre especial para mim...meu coração chora...

17 comentários:

✿ chica disse...

É mesmo triste! Não estamos nunca prontas pra despedidas! beijos,fica bem,chica

Michelle Hernandez disse...

Pathy,que triste. que Deus lhes dê o amparo e o consolo.
Sinta-se abraçada.

Malú Holzmüller disse...

Patricia mesmo ele nao estando mais presente fisicamente sua presenca se fará presente sempre viva nas lembrancas de vcs.Que Deus possa confortar a vc e sua familia nesse momento.Meus sentimentos.
Abracos.

Liliane de Paula disse...

Imagino sua dor, Patrícia.

Susi disse...

Ai Patricia, nem sei o que dizer. Essa é aparte da vida que não deveria existir. A gente fica com o coração tão apertado nesses momentos. Que Deus os conforte.
beijo grande.

CASA DE FIFIA disse...

Patricia querida imagino a sua dor, eu passei por isso, 3 anos atras, e atè agora quando vejo meu filho crescendo sem o carinho do seu vovô querido, o meu coração chora.
com o tempo a dor vai embora, e fica só uma saudade doce.

baci


http://fifiacrocheta.blogspot.it/

Especiarias Doces disse...

Por mais que eu busque, eu não consigo encontrar as palavras certas para te dar conforto.
Fique na paz de Deus e que Ele conforte você e seus familiares.
Um abraço bem apertado,
Fernanda.

Taia Assunção disse...

Meus pêsames, Patricia. Sinta-se abraçada. Lá em casa, as coisas não estão fáceis. Apareceram cinco tumores no papai, três no pulmão e dois na garganta :-( a vista do lado esquerdo, se foi. Tá uma barra. Mas seguimos com Fé em Deus. Beijos, cuide-se!

Marilde Sievert disse...

Querida Patrícia. Fica aqui meus sinceros sentimentos. Sei bem o que estás sentindo e imagino o sentimento de teu marido...também perdi minha mãe faz 20 dias. Beijos e fiquem bem.

Cida Alves disse...

Oi amiga...
Que triste... despedida sempre dói... mas quando é pra sempre... a dor é infinita!
Tô triste por vc, porém, peço à DEUS, que te conforte, vc e todos os seus!
Sinta-se abraçado com todo carinho!
Bjus Patrícia!

arte em croche disse...

Oi Patricia ,meus sentimentos,sei bem o que esta sentindo,este mes faz um ano que meu sogro se foi,a saudade cada dia e maior,.Fique com DEUS e que Ele confote a todos os familiares e amigos..beijuss e fique bem.

lena disse...

Olá Patricia.
Lamento muito e so o tempo ajuda a melhorar.
Beijinhos grandes.

simplesmentefascinante disse...

Bom dia, Patrícia,
aqui:10:10 manhã de quarta com céu nublado e friozinho.
Desculpe a demora em te escrever.
O adeus nunca é fácil mas os sentimentos bons ficam e acalentam nossos dias. O tempo é o melhor remédio pra tudo... a tristeza vai amenizar e só a saudade boa vai permanecer.
O importante é que o convívio foi bom, não deixou mágoas e remorsos.
Que ele tenha sido bem acolhido por seus amigos do outro lado da vida.
bjão e fique com Deus.
Mari

Solange Honorato disse...

Pati, que as lembranças boas sirvam de conforto para acalentar seu coração.Beijo grande.

Andrea Colucci disse...

Ola vi seu blog no Jeito de casa e vim conhecer vem me fazer uma visita tbm de espero bjs.
http://drea-amigos.blogspot.com.br/

Marly disse...

Oi, Paty,

Tenho andado ocupada demais e meio ausente até no meu próprio blog, por isso não vim aqui antes, embora tenha te direcionado uma palavrinha no FB.
Receba um abraço, minha amiga, sei bem como essas partidas podem ser dolorosas. O fato de você sentir tanto a perda do seu sogro já é um testemunho em favor dele. Isso também há de ser um consolo para você e os seus, ao longo dos anos.

Um beijo

Crocheteando...momentos! disse...

Patrícia...
Pense que a vida é um trem...no qual viajamos desde que nascemos...e no qual encontramos pessoas por quem nos apaixonamos neste viagem...que é a VIDA!
O seu sogro saiu na estação destinada...e dos momentos que viajaram juntos...você não mais os esquecerá!
Sorria sempre que se lembrar do seu sogro...pois ele verterá uma lágrima de saudade!